Os 7 Modelos de Planilhas Mais Usados

modelos de planilhas
Veja aqui alguns modelos de planilhas, quem sabe um deles pode se encaixar no tipo de planilha que você procura.

Quer melhorar a sua empresa e até mesmo a sua vida financeira pessoal? Encontre os modelos de planilhas certos para você, veja as diferenças e tipos aqui.

O que você acha que a sua empresa tem que ter para ser bem sucedida no seu ramo de atuação? Se a resposta foi “organização”, então você já está no caminho certo para se tornar um bom empresário e administrador. Muitos negócios com potencial de crescimento acabam fracassando justamente pelo fato de serem desorganizados em todos os setores.

Pensando em tornar os ambientes corporativos mais organizados, foram desenvolvidos diversos métodos que ajudam a controlar as atividades das empresas, principalmente aquelas que dizem respeito às questões financeiras. Entre os principais métodos estão as planilhas, as quais ajudam a agrupar as informações de modo objetivo e prático, além de fornecer dados precisos para as tomadas de decisões em novos planejamentos.

Veja que as planilhas deixaram de ser apenas meras formas de se analisar no final do mês se a empresa está dando lucro ou prejuízo, o chamado déficit ou superávit, mas agora passaram a se tornar fontes de informações e análises para tomadas de decisões, isso é realmente importante e precisamos chamar a atenção de vocês para este ponto.

Como em se tratando de empresas existem diversas demandas de organização, logo, também existem planilhas diferentes para compreender de maneira eficiente as necessidades de cada setor.

Uma pergunta que costuma surgir com bastante frequência é se é possível utilizar um único modelo de planilha para todos os casos e setores. Bom, poder até pode, mas você terá que alterar toda a base e pilares da planilha, inclusive números de colunas e fórmulas, por isso não é o mais aconselhável. Além disso, os modelos de planilhas são elaborados pensando em determinado setor, compreendendo tudo que se precisa naquele ambiente, inclusive com suas especificidades, por isso, evite utilizar a mesma planilha.

Portanto, para você que precisa aumentar os seus conhecimentos de gestor e conhecer as planilhas adequadas para cada setor, montamos esse texto com mais informações sobre modelos de planilhas e como usá-los. Retire suas dúvidas!

O Que São Planilhas?

As planilhas podem ser consideradas relatórios constituídos a partir de dados levantados em um determinado setor da empresa, oferecendo porcentagens, cálculos, parâmetros, gráficos e exceções a serem analisadas. Em sua maioria, as planilhas são aplicadas para promover o controle das finanças da empresa, bem como otimizar a realização das suas atividades, o que não significa que sejam os únicos tipos.

Conforme você perceberá, pode-se encontrar planilhas inclusive para o gerenciamento de estoque, levando em consideração os produtos e cargas. Também, criaremos uma planilha com foco na questão de logística, a qual tem sido bastante pedida pelos nossos visitantes.

Quais as Vantagens de Usar Planilhas

O uso de uma simples planilha pode causar uma verdadeira revolução na sua empresa, isso porque ela acrescenta uma série de vantagens ao ambiente corporativo. Primeiramente, o uso das planilhas irão organizar os setores da sua empresa, desde aqueles que você julga mais importante até os menores e supostamente inofensivos em termos de causar problemas para a empresa, uma vez que se torna possível analisar todas as informações de um modo mais preciso.

A partir das planilhas os planejamentos se tornam mais assertivos, uma vez que eles podem ser analisados de vários ângulos. Além disso, estes relatórios também servem para promover melhorias internas e externas como, por exemplo, aumentar os investimentos em uma área da empresa, promover economia de energia ou recursos financeiros, entre outras melhorias.

Conheça os 7 Modelos de Planilhas Mais Usados

Modelos de Planilhas Mais Usados
Existem diversos modelos de planilhas cada um para atender a sua necessidade. Basta escolhe o tipo de planilha que procura e começar já a usar!

Para que a sua planilha realmente funcione é necessário usar o modelo correto, sendo capaz de compreender as necessidades da sua empresa e do que você pretende descobrir. Lembrando sobre o que falamos no tocante a utilizar modelos de planilhas voltados para setores diversos, embora seja possível, é bem complicado, exigirá muitas mudanças e pode, inclusive, não trazer o resultado esperado, trazendo prejuízos à empresa.

Vamos aos modelos de planilhas?

1- Planilha de Custos

Você está desconfiado de que a sua empresa está gastando mais do que a sua realidade financeira permite? Então o modelo certo para solucionar os seus problemas é a planilha de custos, que elenca todos os dados relacionados aos gastos que precisam ser realizados com frequência para que a empresa consiga funcionar a pleno vapor.

Para aplicar esta planilha é necessário fazer um levantamento de todas as informações dos custos arcados pela empresa em um determinado período de tempo. Para que o relatório seja mais organizado, separe os custos fixos que são aqueles que o estabelecimento tem todo o mês como o pagamento dos seus funcionários, daqueles variáveis que ocorrem eventualmente como o reparo de equipamentos.

2- Planilha Financeira

A planilha financeira é um modelo que todas as empresa tem a “obrigação” de colocar em prática, pois é um relatório constituído por dados mais amplos, trazendo informações de todas as áreas do negócio. Assim a empresa encontra mais praticidade para elaborar e desenvolver os seus planejamentos, reduzindo as possibilidades de erros e prejuízos.

Para construir a sua planilha financeira é preciso fazer um estudo das receitas que entram no caixa da empresa, dos gastos mensais, separá-los por fixo e variáveis, além de distribuir as verbas de acordo com os custos.

Também é necessário agrupar as contas colocando em primeiro lugar as que estão perto do prazo de vencimento e por fim aquelas que estão mais distantes. Com isso o estabelecimento tem tempo de se programar para sanar as suas dívidas, sem gerar atrasos nem juros e multas.

3- Planilha de Orçamento

A sua empresa tem um orçamento? Se a resposta for não, é preciso reverter está situação agora mesmo, pois do contrário as finanças do seu negócio estarão sempre descontroladas.

Para resolver esse problema, o ideal é recorrer à planilha de orçamento, a qual junta todas as informações necessárias para que o gestor saiba os valores que tem no seu caixa, analise se elas estão compatíveis com as suas despesas e programe os seus investimentos com mais segurança.

Para montar a planilha de orçamento é necessário fazer um levantamento dos recebimentos da empresa, dos seus gastos e do dinheiro que sobra após o pagamento de todas as contas, pois isso serve para que o relatório indique se há verba disponível para investir em novos projetos.

4- Planilha de Orçamento Familiar

Não são apenas as empresas que enfrentam problemas, as famílias também passam por esta situação. Portanto, se você é um chefe de família e percebeu que está no momento de exercer mais controle sob as finanças do seu lar, o recomendado para esta situação é usar o modelo de planilha de orçamento familiar.

Nesse caso, a planilha deve conter o total da somatória dos rendimentos de cada membro da família, bem como os seus custos. Também poderá colocar no relatório as metas que se pretende alcançar com o uso da planilha de orçamento familiar, além de dividir os gastos, fazendo com que cada pessoa fique responsável pelo pagamento de uma conta, que deve estar de acordo com o valor do seu salário, é claro. Para que este tipo de tabela funcione é necessário que todos os membros da família estejam comprometidos a cumprir os objetivos estabelecidos.

5- Planilha de Controle Financeiro Pessoal

Agora, se a intenção é controlar os seus gastos individualmente, a dica é fazer uso da planilha de controle financeiro pessoal, que é capaz de promover uma verdadeira revolução no modo como você usa o seu dinheiro. Este modelo pode ser usado para atingir uma determinada meta ou para toda a vida, pois ele só traz benefícios.

Para construir a planilha de controle financeiro pessoal é necessário começar elencando todas suas receitas, ou seja, todos os valores que você recebe mensalmente, todos os custos, separando-os por variáveis e fixos, além de estipular os objetivos a serem alcançados.

6- Planilha de Fluxo de Caixa

Planilha de Fluxo de Caixa
Um dos modelos de planilha muito utilizados é a planilha de fluxo de caixa, com todos os fluxos de entrada e saída bem organizados, pode te ajudar bastante nos negócios!

O faturamento de uma empresa é o que indica se ela está indo bem ou mal, não é mesmo? E para que você obtenha esta resposta de uma maneira bastante precisa é necessário fazer uso da planilha de fluxo de caixa, que reúne todas as informações sobre os valores que entram e que saem.

Para montar a planilha de fluxo de caixa é preciso fazer um estudo cautelo do caixa da empresa, descrevendo com detalhes todos os valores recebidos, que saíram para pagar as contas e que sobram como lucro. A partir deste relatório é possível analisar se o negócio está rendendo de acordo com o seu potencial, se os custos estão no mesmo nível que os lucros e até mesmo se estão havendo desvios de dinheiro.

7- Planilha de Estoque

Um grande número de clientes está procurando por um produto, mas você não pode vendê-lo, simplesmente porque não está disponível no estoque? Se o estabelecimento tivesse feito a planilha de estoque não estaria passando por esta situação e não enfrentaria prejuízos.

Essa situação não ocorre só em empresas de pequeno porte, pelo contrário, é mais comum ainda em empresas de grande porte. Quantas vezes você já comprou um produto e ele demorou a chegar? Isso ocorreu, provavelmente, porque o produto estava indisponível (tinha acabado).

A planilha de estoque serve para controlar a entrada e saída dos produtos, fazendo com que a empresa nunca fique desprevenida nem “encalhe” mercadorias. Para fazer este relatório é necessário definir os produtos que a empresa irá comercializar, estudar o fluxo de vendas dos produtos definidos, registrá-los por códigos e, de preferência, fazer uma análise de consumo para verificar o índice de saída de cada produto.

Qual dos modelos de planilhas você precisa? Conte-nos e cadastre seu e-mail para receber mais dicas!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA